Vendas: 0800 878 3122 | Suporte:
  • English

Autenticação de dois fatores: conheça esse recurso

imagem com cadeado fazendo referência a autenticação de dois fatores, no mesmo sentido de proteger duplamente um sistema

A autenticação de dois fatores é extremamente importante para a globalização. Em mundo cada vez mais conectado, ter uma maior segurança em relação a proteção dos seus dados pessoais é indispensável.

Atualmente, estamos completamente imersos na era da informação digital e isso traz vários conceitos novos para o nosso vocabulário, como por exemplo: Big Data, LGPD e Inteligência Artificial.

Entre as várias soluções inovadores do mundo virtual, a segurança segue como uma demanda emergencial em qualquer sistema ou plataforma.

É aí que entra a autenticação de dois fatores e o seu uso combinado com outras tecnologias.

Então, se você quer entender um pouco mais sobre a autenticação de dois fatores? Continue a leitura que eu vou te contar as principais informações sobre esse recurso.

Vamos lá?

O que é autenticação de dois fatores?

É muito comum ver pessoas afirmando que a internet é “uma terra sem lei”. Esse é um pensamento, muitas vezes, disseminado por usuários que tiveram algum problema de segurança em serviços online (e, acredite se quiser, a maioria tem solução).

Nesse sentido, recursos como a autenticação de dois fatores é muito importante, uma vez que seu principal objetivo é aumentar a taxa de segurança em processos cadastrais em sistemas, sites e plataformas.

Vejamos um exemplo: suponha que você utilize um sistema de senha simples, com a entrada permitida a partir dos dados de login e senha.

Esse é o modelo mais convencional que encontramos, certo?

Neste caso, se você perder os dados de acesso, outra pessoa conseguirá (com muita facilidade) entrar no sistema que você está cadastrado e ver as suas informações confidenciais.

Imagine que esses dados sejam os meios de acesso a sua conta bancária, por exemplo. Você poderia acabar se prejudicando e sofrendo danos financeiros, não é mesmo?

Pois é, isso sem contar o tempo gasto na comunicação com o responsável bancário e com uma série de empresas a qual você faz transações.

Mais ainda, uma pessoa mal intencionada poderia levar todo o dinheiro que você tem guardado e usar da sua margem de crédito.

A dor de cabeça só aumenta, né? Agora, pense isso a nível empresarial… o estrago poderia ser irreversível.

Para intervir nisso que surgiu a autenticação de dois fatores. Essa solução vem, justamente, blindar essa facilidade de acesso aos dados pessoais de usuários online.

Veja algumas particularidades do 2FA, como também é conhecido.

Particularidade

Durante os últimos anos, muitas empresas de serviços online disponibilizaram a autenticação de dois fatores. 

A exemplo disso temos: Facebook, Twitter, Google, Linkedin e Dropbox.

Basicamente, o uso da autenticação de dois fatores oferece uma segurança extra.

Geralmente, para validar a entrada em algum sistema, você precisa de um código específico (enviado através de um aplicativo ou por meio de uma mensagem de SMS).

Depois disso, o recurso faz com que você crie uma senha “reforçada” para acessar o serviço.

Dessa forma, após inserir a senha, o sistema solicita o código de acesso e, em alguns serviços, poderá pedir um aplicativo (fora do navegador) para confirmar a sequência enviada.

Isso ocorre porque é muito comum acontecer ataques à privacidade dos usuários de alguns aplicativos, e isso passou a ser fundamental para atingir um sistema de segurança mais robusto.

A autenticação de dois fatores é um recurso melhor que as senhas “padrões” e mais simples que as assinaturas biométricas. 

Como funciona a autenticação de dois fatores?

Em suma, um sistema de autenticação de dois fatores (MFA) é aquele que utiliza dois dos três fatores de autenticação que existem para validar o usuário.

Vejamos como isso acontece: 

  • Algo que o usuário sabe (ou seja, que é do conhecimento do proprietário da conta ou login), como uma senha;
  • Um item de posse particular do usuário, como um telefone ou token que lhe permite receber um código de segurança;
  • Um objeto que identifique o usuário (inerência), ou seja, uma característica intrínseca do ser humano, como impressões digitais, íris, etc.

Esse tipo de recurso foi criado para garantir que o dono seja a única pessoa que consiga acessar uma conta online. Dessa maneira, é possível adicionar uma camada adicional de segurança ao login.

Qual a importância desse recurso?

A segurança nem sempre significa facilidade e conforto, e por esse motivo é comum os internautas negligenciarem algumas práticas de segurança.

Contudo, ainda que essa opção de segurança aumente o trabalho que os usuários terão para logar e usar os aplicativos e sites, o custo-benefício gerado por esse processo de segurança é maior (e muito valioso ao longo prazo).

Dessa forma, é totalmente aceitável dizer que a autenticação de dois fatores é de extrema importância para as boas práticas de relações comerciais.

Por exemplo, quando você saca dinheiro, além da senha, é preciso colocar sua digital nos leitores biométricos para concluir o processo. Com isso, você consegue garantir que seu dinheiro permaneça (com segurança) na conta.

O exemplo citado é uma das muitas maneiras de demonstrar a utilidade da autenticação de dois fatores.

Outro ponto importante para o uso desse recurso é a necessidade de blindar cada vez mais o acesso a informações pessoais, uma vez que o acesso a internet e soluções digitais estão cada vez mais fáceis.

A autenticação de dois fatores não é um método infalível, mas uma excelente barreira para prevenir a intromissão indesejada nas suas contas online.

E aí, quer saber quais são os tipos de autenticação de dois fatores? Continue a leitura que eu te conto.

Quais são os tipos de autenticação de dois fatores?

Você sabe quais são as formas mais comuns quando o assunto é autenticação de dois fatores? Se você ainda não identificou, vamos te apresentar os principais.

Conheça os 4 tipos possíveis para a implementação desse recurso:

1 – Aplicativo autenticador

Google Authenticator é um software de token que implementa serviços de verificação de duas etapas usando um algoritmo de One-time Password baseado em tempo;

Você deve gostar também:  Telefonia em nuvem no seu Help Desk: saiba das vantagens

Falando em características mais específicas, o algoritmo de One-time Password é baseado em HMAC, para dar mais segurança na hora de autenticar um usuário.

Dessa maneira, você não depende de uma conexão de rede para funcionar.

2 – Token USB

O token USB é um hardware que você conecta no computador e usa como um dispositivo eletrônico, gerenciando e armazenando as criptografias que irão compor o sistema que você deseja resguardar.

3 – Cartão magnético

Com o uso de um cartão magnético a sua segurança fica ainda mais restrita, uma vez que esse recurso necessita de um leitor próprio para funcionar. 

Normalmente, essa opção é usada dentro de empresas, por times que não precisam se locomover para fora do escritório.

4 – SMS e e-mail

Em suma, o envio de e-mail e SMS são as opções de autenticação mais usadas. 

De certa forma, isso é motivado pela alta demanda das pessoas em utilizar mecanismos mais simples para aumentar seu nível de segurança nos sistemas. 

Uma outra forma de pensar seria pela ótica do marketing digital, SMS e e-mail são comumente usados no processo de prospecção do cliente. 

Contudo, é importante te falar que apesar de ser simples usar a autenticação de dois fatores com essas categorias, ela apresenta uma certa vulnerabilidade se comparada a outras opções. 

Imagine, por exemplo, que você perdeu o celular (com o seu número telefônico) ou a conta de e-mail cadastrada para receber o código e autenticação. É bem provável que se alguém conseguir acesso nas informações do seu aparelho terá acesso às contas vinculadas.

Então, viu só como a autenticação de dois fatores pode ajudar e muito na sua segurança dos dados da sua pessoa física e jurídica.

Nesse sentindo, é importante entender de forma mais analítica como o mercado vem se comportando com essa otimização da segurança.

Cenário econômico

Para entender melhor a necessidade de aumentar a segurança dos seus dados, esse tópico vai te mostrar como anda o mercado e quais os recursos que demonstram a necessidade de um maior nível de segurança.

Vejamos: você conhece o conceito de big data, ou até mesmo conhece algo sobre indústria 4.0 e revolução tecnológica?

Pois é, esses termos são muito usados e estão cada vez mais em alta. E com a chegada de novas tecnologias que otimizam a análise de dados para tomada de decisões, você com certeza vai ouvir falar sobre.

As soluções de Big Data são feitas para lidar com um grande volume de dados não estruturados. Isso significa que eles não têm relação entre si e nem uma estrutura definida.

Os principais aspectos do Big Data podem ser definidos por 5 Vs: 

  1. Volume;
  2. Variedade;
  3. Velocidade;
  4. Veracidade;
  5. Valor.

Neste contexto, é muito comum vermos notícias sobre cibercrimes. Empresas de diversos segmentos já tiveram seus dados roubados ou já sofreram com a falha de segurança.

Ou seja, pequenas e grandes corporações podem ter prejuízos gigantes ou então parar suas operações por não conseguirem acessar os dados e sistemas do negócio. Por isso, a necessidade da segurança de dados tornou-se extremamente importante para as empresas, independentemente do tamanho.

Bom, agora você já sabe que o mercado digital está criando uma nova cara para a gestão empresarial, que tal saber como a segurança da LGPD pode melhorar ainda mais o desempenho da autenticação de dois fatores?

Antes disso, você sabia que a o processo de analise de dados pode impactar a economia mundial diretamente?

Basicamente, o próximo tópico explica como a gerenciamento dessa informações, proveniente do conceito de Big Data pode interferir nas relações econômicas.

Economia comportamental

O interessante desse tópico é trazer uma novidade para você leitor, e mostrar como um sistema simples pode impactar e muito nas estruturas sociais.

A economia comportamental, campo que estuda as possíveis interferência no processo de escolha dos indivíduos, nos mostra que com um grande volume de dados é possível obter um melhor e maior desempenho na produtividade do seu negócio.

De certa forma, isso ocorre porque com a chegada de novas tecnologias é possível traçar a melhor estratégia de marketing para o seu público alvo.

Imagine se sua empresa tem os recursos financeiros necessários para investir em um Big Data, mas não mantém um bom sistema de segurança?

É bem provável que uma pessoa mal intencionada consiga ter acesso tanto a informações dos processo produtivo interno quanto aos dados sobre seus clientes, e ao invés de gerar benéficos traga malefícios para toda uma população.

Viu só como a autenticação de dois fatores é importante?

Dessa maneira, é possível manter a segurança do seu trabalho e dos seus clientes em dia.

E aí, está curtindo esse artigo?

Agora que chegou eu ainda tenho que te falar sobre as vantagens e as tendências de mercado para essa modalidade.

Vantagens da autenticação de dois fatores

A cada dia aparecem novas ferramentas e mecanismos de segurança de dados. 

Resumidamente, listamos as três principais vantagens para utilizar a autenticação de dois fatores:

  • Autenticação em duas etapas é a melhor alternativa em questões de proteção e segurança;
  • Quando falamos no ambiente empresarial, os benefícios contemplam desde melhoria na experiência dos clientes até os recursos financeiros – você evita, por exemplo, o gasto com ações judiciais podem surgir a partir da invasão de uma conta e perda de dados;
  • A autenticação de dois fatores também é importante para que seja possível gerar mais confiança para os usuários do sistema.

É importante ressaltar que o Brasil é um país que apresenta alto índice de problemas com cibercrimes e isso afeta as empresas de diferentes segmentos.

No próximo tópico, vamos te apresentar as tendências para área de segurança de dados. E ainda te contar como você pode utilizar a telefonia digital para diminuir os custos operacionais.

Tendências para sua segurança de dados

Implementar recursos da tecnologia da informação é fundamental para manter os seus dados seguros em serviços digitais, principalmente se você armazena informações de trabalho em algum software que utiliza armazenamento em nuvem.

Portanto, é necessário acompanhar os lançamentos de mercado e verificar se essas soluções se encaixam na estratégia da sua empresa.

Você deve gostar também:  Inbound Marketing: Marketing de conteúdo no Wordpress

Confira as estratégias mais usadas no mundo dos negócios em relação a segurança de dados:

  • Terceirize especialistas em segurança de dados;
  • Garanta a segurança endpoint;
  • Faça backup dos dados;
  • Oriente os usuários;
  • Utilize mais a autenticação de dois fatores;
  • Utilize novos sistemas de segurança em nuvens;
  • Use a inteligência artificial para combater golpes.

E aí, sua empresa ou até mesmo você já está utilizando algum desses recursos tecnológicos?

Se a resposta for certa SIM, é um ótimo sinal.

Independente do tamanho da sua empresa, garantir a segurança de seus usuários traz uma seriedade e uma segurança extra para o contratante dos seus serviços.

Quais outras medidas podem ser implementadas para segurança?

A seguir, listamos alguns cuidados que os usuários deve manter durante a rotina de segurança:

  • Troque senhas com frequência;
  • Faça análise de vulnerabilidades constantemente;
  • Opte por senhas fortes ou, então, utilize um gerenciador de senhas para isso;
  • Instale um programa de proteção nos dispositivos (como antivírus), é importante que você também faça isso no seu dispositivo móvel);
  • Tenha um plano de gerenciamento de riscos;
  • Treine os colaboradores para evitar condutas de risco em suas atividades.

Legal né!?

Agora, se deseja aumentar ainda mais a segurança dos seus dados é só implementar essas prática e ações ao seu dia a dia.

Em seguida, vamos falar sobre a praticidade que uma interface de API pode oferecer quando o assunto é agilidade e produtividade.

API de SMS para autentificação de dois fatores

Você sabe como a telefonia VoIP pode te ajudar a ter mais segurança a partir da autenticação de dois fatores?

Se a resposta for não é só continuar a leitura que vamos te explicar em detalhes, ok?

API 

Você sabe o que é API? ou nunca ouviu falar?

Pois é, o termo API é muito utilizado por técnicos da área de tecnologia e por isso muitas pessoas não o conhecem.

Basicamente, a sigla API significa “Application Programming Interface”. Em livre tradução temos “Interface de Programação de Aplicações”, que de forma simples corresponde a integração de dois sistemas por meio de um padrão de programação.

Sendo assim, com o uso de uma API você pode fazer a conexão de dois sistemas para uma mesma finalidade.

Esse é um recurso muito usado em empresas, principalmente porque ele otimiza vários processos executórios, dando mais velocidade a sua operação.

Agora que você já sabe o que é API de uma forma geral, eu vou te explicar como funciona uma API de SMS e qual a relação desse recurso com o 2FA.

API de SMS

Com uma API de SMS, basicamente, você fará disparos de SMS dentro de um sistema integrado, de forma individual ou coletiva.

Dessa forma, você pode utilizar o disparo de mensagens rápidas para fornecer o código de identificação para o número do usuário cadastrado.

Além disso, com essa solução você também conta com inúmeros outros benefícios que te ajudam quando assunto é agilidade e eficiência.

Veja algumas delas:

  • Você pode enviar mensagens dentro do sistema da sua própria empresa, ou seja, você não precisa ficar migrando de um site para outro para fazer uma ação;
  • Pode receber mensagens dentro do sistema da sua empresa;
  • Gerenciamento das informações: com o uso de uma API de SMS você pode gerar relatórios para saber o quão útil está sendo esse recurso, sendo assim, vai ter mais embasamento na tomada de decisão;
  • Também é possível acompanhar o status do SMS e saber se ele foi entregue ou não.

Viu só como é possível obter inúmeras vantagens?

E por último, mas não menos importante, temos que te falar sobre o custo-benefício de implantar uma telefonia digital e como ela contribui para a segurança do seu negócio – usando, inclusive, a autenticação em dois fatores.

Telefonia digital

Bom, eu já te contei lá no início do artigo que um dos passos da autenticação entre dois fatores é o envio do código por SMS.

Por isso, pra finalizar nosso conteúdo da melhor forma, vou te contar algumas vantagens que o investimento em um sistema VoIP pode te oferecer.

A princípio, você deve saber que a telefonia digital funciona através de uma tecnologia que transforma os dados de voz a partir de Protocolos de Internet (VoIP).

Em resumo, essa é a solução que permite que você faça ligações através da internet.

O legal dessa tecnologia é que ela oferece qualidade na entrega do serviço e não possui custos com estrutura física ou manutenção, sendo todo o processo de implementação feito pela internet.

Bom, você pode estar se perguntando: o que API de SMS e autenticação de dois fatores tem haver?

Basicamente, a ideia desse artigo é tentar te mostrar que qualquer empresa pode implementar um sistema de segurança mais sofisticado no seu negócio e com baixo custo de implementação, 

Nesse caso, isso é possível através de uma API de SMS em uma operadora de telefonia digital.

Agora sim é oficial: você já tem todas as informações necessárias para tomar suas decisões.

Telefonia virtual

Considerações

E aí, entendeu a importância da autenticação de dois fatores para a segurança dos seus dados, não é mesmo? Essa é uma solução que respalda tanto a sua empresa quanto os seus clientes.

Em tempos de LGPD é fundamental que você se proteja e passe segurança aos consumidores.

Gostou desse tipo de dica? Esperamos que sim. Se você está a procura de mais tecnologia para as suas ferramentas empresariais, como a telefonia, precisa conhecer melhor as operadoras VoIPs.

Aqui na Nvoip, ao contratar um plano de número virtual você ganha uma URA gratuita para até três usuários ativos no sistema.

Esse é outro recurso que é muito importante para o desempenho da sua empresa. E ainda tem mais!

Ao se cadastrar no nosso painel você ganha R$5,00 para testar o serviço de número virtual da Nvoip.

Restou alguma dúvida? Então, entre em contato com a gente, estamos disponíveis em horário comercial.

PHP Code Snippets Powered By : XYZScripts.com