O que é melhor: Escritório virtual ou coworking?
Lívia Amorim

Lívia Amorim

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Escritório virtual ou coworking: qual o melhor para o meu perfil?

E aí, o que você prefere: Escritório virtual ou coworking? Na hora de decidir qual a melhor forma de trabalhar e onde investir podem surgir algumas dúvidas, principalmente, porque os dois têm serviços muito parecidos.

Por isso, nós vamos explicar o que são e comparar seus benefícios para alguns perfis de profissionais. Aconselhamos que você leia os nossos artigos anteriores sobre o que é um escritório virtual e o que é coworking, para ficar por dentro de tudo!

O que é um escritório virtual?

Escritório virtual é um escritório completamente equipado que fornece serviços para diversos empreendedores e pequenas empresas. Você contrata apenas os serviços que precisar pelo tempo que for usar. Alguns dos serviços são: salas de reunião, sistema de telefonia e uso do endereço comercial para sua empresa. Portanto, você não apenas aluga o espaço, mas alguns serviços que contribuem para a autoridade do nome da sua empresa.

O que é coworking?

No coworking, profissionais de várias áreas dividem o ambiente uns com os outros e contribuem com criatividade, interatividade e troca de informações que levam a um crescimento conjunto e rápido. Portanto, coworking é um olhar diferente para o ambiente de trabalho que reúne pessoas em busca de um ambiente inspirador e motivador.

No coworking, é possível contratar um espaço standard, no qual as pessoas de várias áreas, provindas de várias companhias, ou mesmo freelancers, compartilham o ambiente. É possível contratar ainda salas individuas, salas coletivas e salas de reunião. Portanto, além de fornecer a estrutura física que algumas pessoas precisam para trabalhar, o coworking ainda promove a integração e a troca de experiência entre seus usuários.

Alguns coworkings também oferecem serviços de escritório virtual. Por isso, se você quer saber um pouco mais dos dois mundos é bom estar atento aos nomes que promovem esse encontro. Além de ficar de olho no nosso artigo, é claro!

Escritório Virtual ou Coworking?

Os dois são serviços que se complementam, com você já deve ter percebido. Mas muitas vezes, o perfil do profissional pode ditar qual a melhor escolha naquele momento.

Freelancer

Uma pessoa que trabalha como freelancer não necessariamente precisa da estrutura do escritório virtual, ou seja, geralmente não necessita de salas individuais ou salas de reunião. É muito provável que a preferência seja o contato com pessoas de diferentes ramos que podem aumentar o networking e abrir novas oportunidades de trabalho. Para isso, o coworking é o mais indicado. As salas partilhas são um ambiente propício para atingir esse objetivo.

Empreendedor individual

Para um empreendedor individual é necessário observar quais as principais necessidades, pois escritório virtual ou coworking, são ambos, boas opções. Isso porque algumas vezes será necessário fazer reuniões com sócios e investidores, por exemplo. É possível trabalhar de casa e pagar uma sala ocasionalmente. Mas no coworking a oportunidade de se juntar em um projeto legal que impulsione sua carreira é imensa. Portanto, a dica que damos é procurar um coworking que também forneça serviços de escritório virtual.

Startup nos ciclos iniciais

O interesse inicial de uma startup é se consolidar no mercado e garantir a sua existência. Para isso, é preciso confirmar a relevância do market fit para depois pensar no seu crescimento. Como essa empresa não conta com muitos colaboradores, os escritórios partilhados do coworking são ambientes interessantes para uma startup.

Dessa forma, não é necessário fazer grandes investimentos, podendo focar o capital no aprimoramento do produto/serviço que garantirá o sucesso da startup. Além disso, a criatividade na resolução de problemas é uma característica essencial para uma startup que pode encontrar ainda mais motivação nesses ambientes.

Startup nos ciclos posteriores

Nesse momento, a startup já confirmou a sua relevância no mercado e busca alavancar os investimentos para crescer sem gastar muito, ou seja, busca escalar. Por esse motivo, ter um endereço comercial pode fazer muita diferença para aumentar a autoridade do nome, além do sistema de telefonia personalizado. Portanto, nesse estágio, o escritório virtual é uma opção interessante. Principalmente porque permite mobilidade.

Por outro lado, o ambiente criativo do coworking alimenta o espírito inovador da startup e pode ser uma opção mais vantajosa e acessível para os funcionários da startup trabalharem.

Quer saber mais sobre os ciclos de uma startup? Veja o nosso artigo sobre escalabilidade.

Pequenas empresas

E para pequenas empresas: Escritório virtual ou coworking? No caso de empresas em que os funcionários fazem atendimentos aos clientes e trabalham in loco, o escritório virtual é uma boa escolha. Os funcionários vão precisar se reunir para fazer reuniões eventualmente e a secretária pode anotar todos os recados. Além de redirecionar as ligações e receber entregas. É verdade que existem outras alternativas para a telefonia que não exigem a contratação dos serviços do escritório virtual, como é o caso do voip.

Caso você queira entender melhor o que é voip e como ele funciona, veja esse post!

Médias empresas

Médias empresas já costumam ter uma estrutura própria. É possível transferir uma parte dessa estrutura para o coworking em alguns casos e economizar. Principalmente se a empresa deseja abrir uma filial em outra cidade. Já os serviços de escritório virtual passam a se torna obsoletos para a maioria das médias empresas, a não ser naquelas que não precisam da presença física dos seus funcionários, uma vez que eles podem trabalhar em home office, por exemplo.

Colocando na balança

Como você percebeu a preferência de escritório virtual ou coworking vai depender do perfil de cada um e das necessidades. Mas o coworking, geralmente, sai na vantagem; A maioria deles também fornece serviços de escritório  virtual para quem desejar.

O escritório virtual é muito útil para alguns perfis específicos, como no caso de empresas que não necessitam de ter uma sede para seu funcionamento. Nesse caso, o aluguel de uma sala seria desnecessário, além do valor elevado de aluguel e contas.

Abaixo, trazemos uma lista com os melhores escritórios virtuais e os melhores coworkings do Brasil.

Melhores escritórios virtuais

Aqui você vai ver alguns dos escritórios virtuais mais relevantes nas pesquisas:

  • Virtual Office (São Paulo, SP)
  • Espaço 2D (Rios de Janeiro, RJ)
  • BR. Offices (Goiânia, Goiás)

Melhores coworkings

Apresentamos agora alguns dos coworkings mais procurados no ano de 2017:

  • Coworking Casa Vermelha (São Paulo, SP)
  • Nós Coworking (Porto Alegre, RS)
  • Tropos – Ambiente Colaborativo (Salvador, BA)
  • EDX Coworking (Rio de Janeiro, RJ)

Quer saber outras formas de economizar? Assine a nossa newsletter e receba conteúdos exclusivos!

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn