Aprenda tudo o que precisa para fazer sua Persona

Persona

Conhecer o cliente é uma das coisas mais difíceis que uma empresa pode fazer. Entretanto, na mesma medida, saber quem é o seu consumidor é essencial para que se crie estratégias direcionadas e faça com que suas campanhas sejam otimizadas. Montar uma Persona é uma das estratégias para ajudá-lo neste desafio.

A grande dificuldade que acompanha esta jornada para conhecer a fundo o público é saber onde buscar informações e quais delas coletar para que se crie o conceito do cliente ideal.

Para facilitar sua vida vamos te ensinar, passo a passo, como criar a sua própria Persona, isso é, como encontrar esse consumidor ideal. Tudo de forma bem simples e objetiva. 

E então, quer saber Como Fazer uma Persona do zero? Fique com a gente e boa leitura!

O que é persona?

Podemos entender a persona como um personagem fictício que representa o cliente ideal. Esse personagem é criado com base em dados e informações reais dos consumidores, de modo a se assemelhar e ser o mais fiel possível a eles.

Essa é a definição teórica mais completa que podemos dar sobre uma persona. Porém, para facilitar, vamos pensar que ela nada mais é do que um cliente de fácil acesso.

Não seria perfeito se sua empresa tivesse um cliente que agisse como um consultor, estando a sua disposição para tirar dúvidas, dar dicas de melhorias e mostrar as melhores opções para atraí-lo? Pois bem, é exatamente esse o papel que a persona assume em uma empresa.

Ela vai organizar os clientes de acordo com características em comum até chegar a um consumidor ideal. A partir de tais informações, as marcas podem se basear em suas particularidades para criar campanhas e estratégias que sejam mais efetivas para o público.

Dessa maneira, a persona é uma ferramenta facilitadora que restringe a quantidade de pessoas que precisam ser analisadas todas as vezes que uma nova estratégia deve ser selecionada.

Vale ressaltar que uma empresa não precisa ter apenas uma persona, já que, na maioria das vezes, essa quantidade não é suficiente para representar todo um público. Assim, manter uma média de 3 a 4 personas é o ideal!

Outro ponto essencial que não poderíamos deixar de mencionar é a diferenciação entre uma persona e um público alvo. Muitas vezes estes dois conceitos acabam se confundindo por serem muito próximos, mas eles não são a mesma coisa.

Como dissemos, a persona é uma representação do cliente ideal, por outro lado o público alvo é um grupo delimitado de pessoas que representam os potenciais clientes. Ou seja, enquanto a persona é um único consumidor, o público alvo são vários. 

Você deve gostar também:  Voicebot: Você sabe o que é?

E agora que já temos as definições muito bem especificadas, é hora de entendermos como fazer uma persona do zero!

Como fazer uma persona?

Por mais que pareça, criar uma persona não é uma tarefa muito difícil, mas pede bastante cuidado e dedicação.

Assim, antes de começarmos, aconselhamos que você tenha extrema atenção a todos os mínimos detalhes que seu público fornece. Quanto mais cuidadoso e detalhista for, melhores os resultados da sua persona!

Vamos lá!

Colete dados

O primeiro passo para fazer uma persona é coletar os dados dos clientes, pois é a partir deles que vamos desenvolver o consumidor ideal.

As formas de fazer isso são várias e devem ser escolhidas de acordo com as necessidades e particularidades de cada empresa. Entretanto, podemos citar aqui duas vertentes mais promissoras para isso.

A primeira delas é o uso de dados online para a criação da persona. Ferramentas como o Facebook Insides, Google Trends, Google Analytics, estudos de mercado, entre outras fontes, funcionam muito bem para a criação da persona, porque fornecem dados importantes que nos ajudam a caracterizá-la.

Quando uma persona é construída unicamente com base em tais dados a chamamos de Proto-Persona. 

A segunda vertente é a das entrevistas. Algumas empresas gostam de conferir os dados coletados na internet, ou mesmo precisam de informações tão específicas e não conseguem encontrar tais pontos no meio online, por isso recorrem às entrevistas.

Podendo elas serem feitas de diversas maneiras, seja presencial, via vídeo chamada, telefone ou até mesmo com formulários, essas entrevistas vão acrescentar ainda mais profundidade a sua persona.

Não existe modo certo ou errado aqui, como dissemos, escolher uma das vertentes vai depender das necessidades da sua marca.

Análise as informações

Com os dados coletados, é hora de entender o que eles significam.

Não basta apenas criar um grande banco de informações se não souber como usá-las a seu favor. Assim, nesse momento é preciso entender o que cada dado significa, e coletar mais caso seja necessário, para no passo seguinte dar forma à sua persona.

Talvez nesse momento você perceba que sua empresa precisa de mais de 1 persona para representar o público.

Organize sua persona

Chegou o grande momento, é hora de efetivamente criar a persona!

Com base nos dados coletados e nas análises feitas, preencha cada uma dessas lacunas com as informações que seus clientes forneceram:

  • Nome
  • Idade
  • Gênero
  • Status de relacionamento
  • Profissão
  • Renda
  • Objetivos
  • Dores
  • Necessidades
  • Canais de comunicação mais usados
  • Fontes de informação mais usadas
  • Marcas que admira
  • Objeções com a sua empresa
  • Argumentos válidos para convencer o cliente

Caso ache que sua persona precisa de uma informação extra, para além das citadas, fique a vontade para acrescentar quantas desejar.

Você deve gostar também:  Machine Learning

Esse momento deve ser dedicado a dar cada vez mais profundidade e características ao seu cliente ideal. Lembre-se de que ele deve funcionar como um consumidor real, por isso ser raso não vai te ajudar.

Revise sua persona

Por fim, o último passo da criação da persona é uma manutenção a longo prazo.

Como mencionamos, esse cliente ideal representa os seus consumidores e funciona como uma pessoa de verdade. Isso significa que sua persona evolui e muda conforme o tempo passa.

Para manter essa ferramenta sempre confiável, é preciso revisar com certa regularidade. Esse prazo pode ser anual, semestral ou até mesmo trimestral dependendo da sua desnecessidade.

Dica Bônus: Faça sua persona conhecida

E trazendo uma dica bônus para você, aconselhamos a fazer da sua persona sua melhor amiga!

Pode parecer brincadeira, mas a melhor maneira de abraçar os benefícios que um cliente ideal traz é torná-lo o mais próximo possível da sua equipe.

Dessa maneira, compartilhe suas personas com todos os membros da sua empresa, pois independente de qual setor eles atuem, precisam ter em mente o consumidor final. Uma boa forma de fazer isso é torná-la de fácil acesso, criando um template e o distribuindo para as equipes, ou até mesmo colocando ele no quadro de avisos da empresa.

Criar uma cultura de foco na persona é o que fará toda a diferença!

Conclusão

Desenvolver uma persona é um passo essencial para toda empresa que deseja se desenvolver e atingir cada vez mais o público.

Essa ferramenta de marketing será essencial para que você conheça seu cliente e prepare sua empresa para ele, de modo a não apenas facilitar a atração, como criar mais adesão, conversão e fidelização. Ela parece a estratégia ideal, e realmente é!

Agora que você já tem em mãos todas as ferramentas que precisa para criar seu próprio cliente ideal, é hora de começar!

PHP Code Snippets Powered By : XYZScripts.com