Alessandra Oliveira

Alessandra Oliveira

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on reddit
Share on email

O home office veio para ficar?

O ano de 2020 será para sempre lembrado como um marco para o modo de trabalho remoto. Até então, na maior parte das empresas, o home office existia apenas para cobrir pequenas ausências. Hoje, ele existe para a segurança de colaboradores e clientes, e, claro, para que a empresa não pare suas atividades.

E nós sabemos que o home office já vinha sendo cotado como um modo de trabalho que se consolidaria no mundo corporativo. Mas ninguém esperava que, antes visto como promessa, seria estratégia emergencial para diversas empresas na crise de saúde atual. 

Mas mesmo que muitos tenham sido pegos de surpresa com essa mudança repentina, muitas ferramentas surgiram ou já estavam prontas para auxiliar nesse momento. Como é o caso da telefonia VoIP. 

Mas, afinal, o home office veio para ficar? E, se veio, qual a melhor maneira de se adaptar à essa nova realidade? Essas são questões valiosas e esperamos ajudá-los no decorrer deste artigo. Vamos lá.

O que é o home office?

Seja para flexibilizar os horários das jornadas de trabalho ou para reduzir custos e aumentar a eficiência em sua empresa, o trabalho remoto já é realidade para muitos profissionais há algum tempo. 

E embora a tradução literal signifique trabalho em casa, o termo refere-se a trabalhos feitos remotamente; fora do ambiente físico da empresa. O colaborador pode estar em casa, em uma biblioteca, um café, ou até mesmo viajando.

O home office traz uma série de benefícios tanto para a empresa quanto para os colaboradores. E entre essas vantagens, podemos destacar a melhoria na qualidade de vida. 

Nada de ter que acordar muito mais cedo e perder um tempo valioso no trânsito. Com o trabalho remoto, seu colaborador consegue programar-se para o trabalho e fazer tudo com calma, sem estresse.

Assim, ele tem mais autonomia, podendo inclusive alterar os horários de sua jornada para momentos que tenha mais tranquilidade para executar suas tarefas. E consegue conciliar melhor a vida profissional à vida pessoal. Equilíbrio é tudo!

Assim, para a empresa, deixar o  seu profissional satisfeito e livre de preocupações com o deslocamento, ganha em produtividade. Além de ser mais lucrativo. Seus colaboradores conseguem mais pontualidade, e seu negócio não perde tempo esperando para iniciar suas rotinas.

E também é econômico. Já que a empresa pode poupar gastos com aluguel, luz, água, condomínio etc. Atualmente, o home office deixou de ser um projeto futuro para várias empresas que já cogitavam a possibilidade de operar desse modo. Ele tornou-se indispensável para que os negócios não parassem devido a pandemia do novo coronavírus Covid-19.

O home office, que já estava atrelado à ideia de qualidade de vida, hoje significa segurança aos trabalhadores e produção ininterrupta para  empresas. Unindo princípios básicos para o bom funcionamento do seu negócio, esse é um modelo operacional que merece o seu investimento.

Você deve gostar também:  Como o VoIP ajuda as estratégias da sua equipe de vendas

As dificuldades de operar em home office

Aqui paramos para fazer algumas ressalvas sobre o modo de trabalho remoto. Trabalhar remotamente também pode trazer muita dor de cabeça se não for bem estruturado. 

É necessário prestar atenção em pontos chaves para o bom funcionamento de sua empresa.

Não adianta muito você poupar gastos de um lado e perder qualidade nos serviços de seu negócio. É preciso estar sempre se policiando acerca de boas práticas e incluindo tecnologias que façam que o modo home office não altere abruptamente o desenvolvimento de sua equipe.

Estar fora do ambiente de trabalho pode gerar infinitas distrações e, sem dúvidas, essa é a maior dificuldade de quem opera remotamente. Também é preciso que você dê aos colaboradores condições para trabalhar de home office; como computadores, headsets, microfone, câmera etc.

Sem ter os equipamentos necessários, seu colaborador não irá conseguir entregar a mesma qualidade de serviço que teria no ambiente empresarial. Também é importante verificar se ele possui uma boa conexão com a internet. É imprescindível que todos esses fatores estejam funcionando bem.

A Nvoip em seu home office

Se o que falta à sua empresa é uma estrutura que mantenha o home office funcionando bem e que isso não custe valores significativamente altos para o seu bolso, o que você precisa é de implementar a telefonia VoIP.

O VoIP, ou voz sobre protocolo de internet, é a tecnologia que permite a transmissão de voz através protocolos de internet. Ele transforma sinais de áudio em dados digitais que são transferidos em tempo real. Ou seja, uma ligação feita pela internet.

Com a Nvoip sua empresa consegue implantar diversos recursos que podem auxiliar e melhorar a sua experiência em home office. E isso é possível porque o sistema de telefonia virtual oferece vantagens e recursos indispensáveis para o seu negócio.

1. Qualidade de ligações

Você já deve ter se deparado com alguma ligação que tivesse um chiado incômodo. A interferência na qualidade das ligações se dá por causa da rede utilizada na telefonia convencional. 

O sistema de telefonia VoIP utiliza a internet, o que faz com que as ligações sejam muito mais constantes e sofram menos com interferências e ruídos. As chamadas são completamente claras gerando uma comunicação objetiva e sem espaço para falhas ou incompreensões.

2. Números Virtuais

Uma das melhores vantagens que o VoIP proporciona a quem está em casa, o número virtual se destaca por poder ser utilizado em diversos dispositivos utilizando um único número. 

O número virtual é um número de telefone vinculado a uma linha SIP (Session Initiation Protocol). É um número normal em que você realiza e recebe chamadas do mesmo modo que ocorre com um número convencional. 

Você deve gostar também:  O que é Softphone, ATA, PABX e Telefone IP: aprenda agora e conheça as melhores marcas!

O que o diferencia é que ele recebe as chamadas e/ou pode roteá-las para um número específico do usuário. Isso sem a necessidade de estar vinculado a uma linha telefônica comum. 

Dessa maneira, mesmo que seu colaborador esteja em home office, você continua utilizando o número de telefone da sua empresa. Assim, o cliente não se preocupa em procurar um novo número para entrar em contato com você.

3. Mobilidade para a sua empresa

Uma das vantagens mais importantes do VoIP para o seu home office é  a mobilidade! O VoIP permite que você utilize o sistema de qualquer lugar em que esteja, desde que possua acesso à internet.

Na Nvoip, por exemplo, você pode utilizá-lo por computadores, telefones celular, telefones IP, telefones fixo ou direcionar para o seu PABX. Desse modo, basta você fornecer à sua equipe em home office os meios para que executem suas tarefas de onde estiverem, em segurança.

Mas, afinal, o home office veio para ficar?

Ainda está sendo muito discutido entre especialistas mas é certo de que algo mudou na forma como enxergávamos o home office. Em um levantamento do grupo Talenses a pesquisa apontou que mais de 70% dos trabalhadores operaram remotamente no primeiro período da pandemia.

Mesmo sendo um número alto é bom ressaltar que apenas 22% das empresas conseguiram continuar com suas rotinas em home office. Então há que se levar em conta fatores como qualidade e adaptação para saber responder se o home office veio ou não para ficar na sua empresa.

Quer conhecer ou implementar o VoIP na sua empresa? Fale agora mesmo com um consultor Nvoip.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email