Importancia do onboarding com novos colaboradores
Lívia Amorim

Lívia Amorim

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Onboarding nas empresas: Conheça o passo a passo

Nós sabemos que o tempo voa e que as empresas precisam aproveitá-lo ao máximo. Sabemos também que muito tempo é dispendido para realizar a integração de novos colaboradores. Assim, como fazer um onboarding nas empresas de maneira rápida e efetiva?

Bom, muitas empresas enfrentam grandes problemas de turnover e precisam introduzir novos funcionários a todo instante em diferentes setores. Essa é cada vez mais a realidade de muitos empregadores.

Os estudos e pesquisas revelam números chamativos e crescentes na quantidade de funcionários que, espontaneamente, desejaram sair de uma empresa. Dentre os vários motivos, alguns são desentendimentos com chefe e superiores, dificuldades de relacionamentos e insatisfação com o clima e a cultura da empresa.

Existem muitos outros aspectos que motivam a saída de funcionários dos seus cargos atuais. Porém, os que citamos acima podem ser evitados ou contornados com o Onboarding nas empresas.

A maioria dos novos colaboradores passa por um processo razoavelmente longo para se sentirem totalmente à vontade no seu local de trabalho. Isso porque precisam sentir que fazem parte daquele grupo, precisam sentir-se parte integrante do cotidiano do negócio e se familiarizarem com a cultura da empresa antes de realmente poderem demonstrar todo o seu potencial.

Sua empresa enfrentando problemas de rotatividade ou não, o que importa é que o processo é o mesmo. A introdução de um novo colaborador nunca vai ser simples e rápida como queremos. Mas ela pode ser menos atribulada.

Vamos ver como?

A importância do Onboarding

Onboarding nada mais é do que o processo de introdução de um novo colaborador em uma empresa. E como você deve saber é realmente um processo, pois leva tempo e demanda planejamento e esforço.

Muitos negócios acreditam que uma apresentação da empresa e dos colegas de trabalho seja o suficiente para concluir um processo de integração. Porém, o Onboarding de funcionários vai muito além e deve ser adotado por todas as empresas que desejam economizar tempo e preparar bem o funcionário para a realização das tarefas que lhe cabem.

Através desse processo, os novos colaboradores compreendem a sua importância para a empresa e o que a mesma espera deles. Desde os mínimos detalhes como comportamento nos corredores, nos intervalos até relacionamento com superiores e prazos de entrega. Enfim, o Onboarding nas empresas deve ser esclarecedor em todos os âmbitos.

Ficou curioso para saber como fazer um processo desse de modo a preparar bem um novo funcionário e diminuir a taxa de turnover na sua empresa? Então vamos descobrir o passo a passo para a realização de um Onboarding de funcionários.

Passo a passo do Onboarding nas empresas

O Onboarding é hoje fundamental processo da gestão de pessoas. As equipes de RH lançam mão dessa estratégia de modo a engajar os colaboradores por meio de Orientação, Supervisão, Acompanhamento e Treinamento.

Essa prática deve começar antes mesmo do primeiro dia de trabalho, já durante o processo de recrutamento e admissão. Vamos entender melhor como funciona esse primeiro passo?

1 – Contratando com assertividade

Ao anunciar uma vaga, a empresa deve explicar tudo antes mesmo de começar as entrevistas. No anúncio é importante divulgar o máximo de informações sobre o trabalho, falar sobre o ambiente e a cultura organizacional, além de outros aspectos que sejam importantes e relevantes para os candidatos.

Essa atitude será o filtro inicial para a atração de pessoas que buscam os mesmos objetivos os quais a companhia procura. Assim, a sua empresa está garantindo que os candidatos tenham maior potencial para atuarem no seu negócio. Dessa forma, as entrevistas tendem a ser um sucesso e as contratações são mais assertivas!

2 – Os primeiros efeitos do Onboarding nas empresas

Após a seleção do candidato que preencherá a vaga, é legal fazer um tour pela empresa e apresentá-la como um todo. Independente do tamanho do negócio, é essencial que o novo colaborador já comece a sentir os efeitos da abordagem de Onboarding de funcionários.

E não podemos esquecer de mencionar o Manual de Integração. Este é um documento importantíssimo para apresentar aos novos funcionários os principais aspectos da empresa. É de extrema relevância que ele seja o mais completo possível. Dessa forma, muito tempo será poupado com dúvidas e explicações de detalhes. Além de evitar desentendimentos e problemas de comportamentos apenas por falta de informação.

Portanto, disponibilize uma cópia deste documento para todos os novos colaboradores. Assim, eles já estarão por dentro dos principais aspectos do negócio antes mesmo do seu primeiro dia de trabalho.

3 – Surpreendendo no primeiro dia

O primeiro dia pode ser muito assustador para grande parte dos profissionais. E é compreensível. Afinal, enfrentar um lugar completamente novo, com suas particularidades e especificidades ainda desconhecidas é desafiador. Além disso, lidar com pessoas estranhas que serão seus colegas de trabalho pode ser intimidador para muita gente. Ainda mais se as pessoas não forem simpáticas e receptivas.

São inúmeras informações e exigências. Tudo chega como um bombardeio de informações. E a pressão de surpreender ou, ao menos, não deixar a desejar no primeiro dia está sempre presente. Por isso, é importante que as tarefas sejam cautelosa e gradativamente repassadas e ensinadas. Isso deve ser feito por um outro colaborador. O mesmo deve acompanhá-lo nos seus primeiros dias a fim de dar a oportunidade de observação, orientação e supervisão.

Isso garantirá a segurança do novo colaborador. E, com certeza, não apenas a empresa se surpreenderá com a sua performance no primeiro dia como ele mesmo. Pois performamos melhor em um ambiente no qual nos sentimos seguros.

4 – Dando continuidade ao processo

Muitos especialistas e estudiosos garantem que o Onboarding nas empresas deve se estender por pelo menos três meses após a contratação do novo colaborador. Assim, é garantido a sua total adaptação através da absorção de valores da empresa e de suas funções.

Portanto, é essencial que esse funcionário participe de reuniões, treinamentos, receba feedbacks constantes e encare novos desafios conforme seu conhecimento e capacitação aumentam. Não esqueça que a comunicação é a chave para todo bom relacionamento. Portanto, os colaboradores devem saber com clareza o que a empresa espera deles e como é a cultura e as regras do dentro da empresa.

E se precisar repetir, repita. Como já dissemos, são muitas informações para que o colaborador absorva tudo de uma única vez. Talvez o novo colega ainda não entendeu a importância de determinados aspectos. Para facilitar e descontrair, você pode optar por interagir através do Endomarketing!

Portanto, o que aprendemos é que o Onboarding nas empresas é uma estratégia de gestão de pessoas de extrema relevância. Pois além de contribuir para o clima empresarial, a longo prazo, é fundamental para diminuir o turnover e reter talentos na sua empresa.

Quer saber de todos os detalhes para reconhecer e reter talentos? Então leia agora o artigo Capital Intelectual e Retenção de Talentos.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn