Qual operadora Voip usar_Nvoip
Livia Nonato

Livia Nonato

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on reddit
Share on email

Qual operadora VoIP usar na sua empresa?

Hoje, a telefonia tem várias opções. Sendo assim, você pode escolher a operadora e o serviço que tenham o melhor custo-benefício para o seu negócio. Mas, para isso, você precisa conhecer muito bem a empresa que pretende investir. Então, quer saber qual operadora VoIP usar na sua empresa?

Voz sobre IP, ou apenas VoIP (Voice over Internet Protocol), é uma tecnologia de telefonia que oferece uma grande redução de custos e mais flexibilidade para o seu negócio.

Mas para escolher qual operadora VoIP melhor corresponde às suas expectativas – financeiras e gerenciais – é necessário olhar para o mercado.

Pensando em te ajudar nessa missão, separamos os principais pontos de análise para contratar uma empresa de telefonia digital.

E aí, quer saber qual operadora mais se encaixa no seu perfil? Siga a leitura que vamos falar sobre isso no artigo de hoje.

Operadoras de telefonia

A telefonia segue como um dos meios de contato mais importantes na comunicação entre clientes e empresas.

Sendo assim, é necessário ter atenção ao seu sistema de telefonia e aos benefícios que ele oferece.

Para que você tenha um serviço de qualidade, mas sem que o custo seja tão elevado (e, muitas vezes, desproporcional ao seu financeiro), é preciso que você se atualize sobre as tecnologias desse segmento.

Hoje, o que existe de mais avançado na área de telecomunicações é o sistema de telefonia digital, que tem como base a tecnologia VoIP.

Diferente do modelo tradicional de telefonia, a transferência dos dados de voz é realizada no ambiente virtual.

Ou seja, você faz chamadas pela internet, com um sistema de telefonia com operação totalmente virtual.

Com certeza você já fez uso dessa tecnologia, mas talvez não saiba. Por exemplo, VoIP é a tecnologia que permite que você faça ligações em diversos aplicativos populares.

Como o WhatsApp, Facebook e Viber.

Porém, no caso dos apps, você está usando o modelo gratuito do VoIP (que não é indicado para empresas pela baixa qualidade).

Vamos entender isso melhor.

Quando um usuário faz uma chamada online pelo WhatsApp, por exemplo, ele está usando o VoIP gratuito. Neste modelo, as rotas de saída de telefonia não garantem a qualidade e estabilidade da ligação.

Já como recurso de telefonia para empresas, as melhores rotas de saída são utilizadas – o que assegura a total performance do serviço.

As rotas mais comuns à telefonia digital corporativa são do tipo ITX e CLI.

Por essa razão, em uma ligação VoIP empresarial você tem uma excelente escuta, sem quedas no sinal ou ruídos.

Mas, como nem tudo são flores, essa alta performance depende da estabilidade da operadora que você contratou.

Falaremos disso com mais detalhes abaixo. Siga a leitura.

Telefonia digital x telefonia convencional

Na hora de avaliar qual operadora VoIP usar na sua empresa, é fundamental que você entenda como é o funcionamento da tecnologia.

Além disso, também é importante conhecer alguns aspectos técnicos sobre a operação do serviço.

Vamos entender isso com exemplos cotidianos.

Para uma boa comunicação corporativa, é importante escolher uma central de telefonia de qualidade sem gastar muito.

Hoje, o mercado oferece diversas opções nessa área, como o telefonia convencional e a telefonia digital.

Apesar de disponibilizarem as mesmas funções básicas de contato com cliente através do telefone, essas duas tecnologias divergem em muitas características.

Em uma operadora tradicional a troca de dados é feita pela PSTN (Public Switched Telephone Network), que em tradução para o português corresponde a Rede Pública de Telefonia Comutada.

De forma simples, em operadoras “convencionais” a comunicação é feita através de fios de cobre ou fibra óptica.

Ou seja, o envio dos dados analógicos de uma chamada telefônica são transmitidos pela PSTN.

Já em empresas de telefonia digital, toda a operação é realizada de forma remota. Não sendo necessário que você tenha que investir em estrutura física no seu escritório.

E isso ocorre porque, como falamos acima, toda a operação de uma empresa de telefonia virtual é feita pela internet.

Você deve gostar também:  Custo operacional: o que é e como reduzir

Em termos técnicos, o que ocorre é a conversão da voz analógica em dados digitais. Depois, esses dados são transmitidos pela web

Na prática você não sente a diferença, visto que a sua chamada completa normalmente.

Outro benefício dessa tecnologia de telefonia é o fato de não ser necessário investir em estrutura.

Ou seja, nada de cabeamentos passando pelo seu office e também não é preciso comprar aparelhos fixos (só se você quiser). Muito menos esperar por uma visita técnica para solucionar eventuais problemas no seu sistema.

Conheça mais algumas características na sequência. Acompanhe!

número virtual

Mais características

Agora você sabe como funciona e quais as diferenças entre as operadoras digitais e tradicionais, podemos falar sobre as características mais específicas para te ajudar a escolher qual operadora é a ideal para a sua empresa.

Listamos abaixo algumas recomendações antes de contratar o serviço.

1 – Tipo de serviço oferecido

O primeiro ponto de avaliação deve ser o tipo de serviço. Basicamente, você precisa avaliar o que a sua empresa precisa e qual a demanda de consumo de chamadas, por exemplo.

Com esses indicadores em mãos, você consegue ver, primeiro, qual operadora tem o serviço que você está procurando.

Por exemplo, se o seu negócio atende apenas a região onde fica o seu escritório ou se faz vendas em e-commerce. Esta é uma informação crucial para definir o melhor recurso de telefonia.

Caso seja um negócio local, você pode usar um número virtual para atender aos seus clientes regionais. Mas, caso a sua empresa venda para todo o país, pode ser mais interessante investir em um número 0800 ou 4003.

Esses dois tipos de números empresariais você encontra em operadoras VoIP.

Ambos podem ser completamente úteis para a sua marca. Oferecendo mais abrangência e acesso para clientes do país e do mundo.

Porém, atenção ao tipo de plano para uso de ligações VoIP.

Algumas operadoras podem oferecer planos pré-pago e pós-pago, deixando a seu critério o tipo de ativação de créditos.

É uma característica das operadoras de telefonia digital não ter contratos de fidelidade, oferecendo aos clientes a oportunidade de cancelar o serviço a qualquer momento.

Assim, você só se mantêm vinculado a operadora se realmente gostar do produto.

Outros serviços correlatos aos típicos números VoIP também ajudam (e muito) no gerenciamento do atendimento. Como a URA, pacotes com envio de SMS e integrações entre plataformas e sistemas.

Nesse sentido, depois de avaliar a sua necessidade, veja que tipo de serviço que a operadora oferta.

Para, na sequência, começar a analisar questões mais técnicas de uma operadora VoIP, vamos falar disso no próximo item.

2 – Custo-benefício das tarifas

Quando você nichar qual a operadora oferta o serviço que a sua empresa precisa e quer, é hora de avaliar o custo-benefício.

De forma geral, a telefonia VoIP é mais barata que a tradicional.

De acordo com pesquisas do segmento, você pode alcançar até 70% de redução de custos em telefonia ao implementar um sistema digital.

Além do meio de funcionamento que, por si só, faz o custo ser mais baixo, as tarifas VoIP contribuem para essa economia significativa.

Em uma operadora VoIP, os planos são moldados para atender as necessidades de cada empresa.

Para ilustrar essa situação, vamos detalhar como funciona o plano de tarifas da Nvoip.

Sem nenhuma taxa de ativação – como a maior parte dos planos –, aqui na Nvoip, você tem a possibilidade de comprar créditos avulsos para fazer sua ligação por minuto. 

E os preços da tarifas básicas são:

  • fixo Brasil: R$0,07/min;
  • tarifa móvel Brasil: R$0,35/min.

Mas, também é possível optar por planos que se adequem à realidade da sua empresa, desde as pequenas até aquelas com um grande time de atendimento.

Dentro desses planos, as tarifas vão ser diferentes, referentes ao seu consumo, chegando a:

  • fixo Brasil: R$0,03/min;
  • móvel Brasil: R$0,20/min.

Ou seja, a vantagem desse sistema de crédito é que eles não expiram. Assim sendo, no mês seguinte, se você colocar mais créditos, eles vão se somar aos que sobraram do mês anterior.

Logo, não se tem o prejuízo de pagar a mais por algo que não será usado.

3 – Cadência da operadora

Na hora de escolher em qual operadora você vai investir, é fundamental saber como funciona a cadência da empresa de telefonia.

Você deve gostar também:  Faça uma ligação internacional para a África

Cadência nada mais é do que o método de cobrança por minuto em uma ligação.

Aqui na Nvoip, se você optar pelo sistema de crédito (a partir do investimento em tarifas VoIP), vai ter como diferencial o uso da cadência 3/30/60.

Nesse estilo, não cobramos os 3 segundos iniciais da sua ligação.

Os 30 próximos segundos são cobrados de forma integral e, depois disso, a cobrança só se dá a cada 6 segundos!

Então, se você falar por 1 minuto será cobrado os 30 segundos iniciais mais 2 frações de 6.

Avaliando a forma como a operadora vai tarifar as suas chamadas, você consegue ter muito mais controle do valor gasto no seu atendimento telefônico.

Sendo assim, o seu setor financeiro, junto aos gestores da empresa, podem definir métricas e KPI’s para o atendimento.

Então, você consegue ter informações valiosas para gerenciar melhor o seu negócio.

4 – Saiba a latência das chamadas para manter a qualidade do serviço

Outro ponto fundamental para definir qual operadora VoIP tem mais fit com o seu negócio, é a latência do serviço.

Na telefonia como um todo, o tempo de resposta (ou demora) durante uma ligação tem a ver com a latência.

Em resumo, a latência é a distância eletrônica. E essa distância é relativa no caso de uma ligação VoIP.

Visto que com um número virtual receptivo, você pode estar fisicamente em São Paulo, mas com um número vinculado a um país Europeu, por exemplo.

Atendendo aos seus clientes do exterior normalmente, independente da distância física.

A latência é o tempo que o dado de voz leva de um ponto ao outro – também conhecido como ping.

Este é um comando utilizado para avaliar não só a qualidade, mas também a velocidade – medida em milissegundos (ms), da conexão da internet.

Ou seja, a velocidade e qualidade que o seu dado de voz digital leva para, literalmente, ir e voltar com a informação.

No caso das chamadas digitais, a latência depende da qualidade da transmissão de dados na internet e do servidor da operadora VoIP.

Por isso, quanto maior for o ping, mais lenta será essa resposta, gerando um delay.

Sendo assim, em alguns casos, a sua empresa pode precisar de uma internet dedicada para manter a estabilidade do serviço.

Quanto à empresa, verifique a latência base antes de tomar sua decisão qual operadora contratar.

5 – Portabilidade

Um dos grandes avanços recentes da área de telefonia é a portabilidade.

Com essa opção, você não perde seu número característico e nem a identidade do seu atendimento ao cliente. Preservando seus contatos de mailing.

A tecnologia VoIP permite que a portabilidade seja realizada de maneira simples, prática e rápida. 

O processo é totalmente seguro e preserva todas as informações particulares da organização, sem qualquer interferência.

Em pouco tempo, as ligações podem ser retomadas e o negócio não perde tempo e nem realiza gastos desnecessários com chamadas enquanto aguarda a portabilidade.

Em relação a outras soluções, inclusive, esta é a que apresenta um tempo menor de implementação e espera. 

Portanto, com esses detalhes em mãos, não há qualquer motivo para adiar a transformação e começar a aproveitar os demais benefícios que ela traz.

Aqui na Nvoip, por exemplo, a portabilidade é gratuita. Não cobramos nenhuma taxa para que sua empresa realize a portabilidade numérica de sua operadora atual para a Nvoip. 

Você só paga os valores referentes ao plano. Também não existe um período mínimo para ficar conosco após a portabilidade. Você pode cancelar ou ir para outra operadora a qualquer momento.

Então, se para você é importante manter seu número de contato característico, opte pelas operadoras que fazem a portabilidade.

Considerações

Viu só como faz toda a diferença ter informações e dados para analisar qual operadora VoIP mais se encaixa no seu perfil de consumo de telefonia?!

Para não ficar desatualizado e gastando mais do que deveria, tire suas dúvidas sobre a telefonia digital. Fale agora mesmo com um dos nossos consultores e conheça ainda mais vantagens desse sistema.

Espero que você tenha curtido esse conteúdo. Continue acompanhando o blog da Nvoip.

Até a próxima!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email