Livia Nonato

Livia Nonato

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on reddit
Share on email

O que é startup?

Crescer e se destacar no mercado com uma ideia inovadora são pontos essenciais para chamar um empreendimento de startup. Você já se perguntou qual a diferença de uma startup para as empresas convencionais? Também o porquê de empresas desse formato se desenvolverem tão rápido?

Pense em um grupo de pessoas com perfil empreendedor, engajados, com autonomia e dispostos a correr riscos. Assim, geralmente, se inicia uma startup. No entanto, existem critérios bem definidos para que um negócio seja considerado uma startup.  

Entenda agora qual o conceito de startup e as características desse negócio. Ainda, como os produtos e serviços dessas empresas podem ser uma ótima opção para você. 

O que é startup?

Existe um debate sobre a real definição do que é uma startup. Há pessoas que acreditam que todo empreendimento já foi uma startup, sobretudo na sua fase inicial. Já outros defendem que startups são empresas que precisam de uma solução inovadora e tecnológica. 

Startups são empresas emergentes que desenvolvem ou aprimoram um modelo de negócio. Esse modelo de negócio visa solucionar as “dores” dos clientes, mas com um baixo custo de manutenção. 

Basicamente, o modelo de negócios é o que gera valor à startup. Ou seja, é uma ideia que atende a demanda dos consumidores de forma econômica, mas sem perder a qualidade.

Então, para chegar às soluções inovadoras, os empreendedores usam a tecnologia como a sua base principal. Da mesma forma, a tecnologia de outras ferramentas também podem ser integradas ao negócio. O termo startup foi utilizado a princípio nos Estados Unidos e se consolidou com o crescimento da internet. 

Em um consenso geral entre os empresários da área, startup é uma empresa com modelo de negócios repetível e escalável, que opera em um cenário de incertezas.

Ficou complicado de entender? Nós te explicamos cada um desses termos abaixo. Acompanhe. 

As características de uma startup

Garantir que um negócio seja repetível e escalável é a chave de manutenção de uma startup. Essas duas características demonstram aos empreendedores o quão sustentável pode ser a sua ideia.

Assim, será possível avaliar o risco do investimento e buscar recursos para a empresa, por meio de financiamento externo ou próprio.

Então, o que é um negócio escalável? De maneira simples, é assegurar que a sua empresa seja capaz de crescer cada vez mais, mas sem prejudicar o modelo de negócios.

Então, o seu empreendimento aumentaria muito o lucro, porém sem ter um gasto elevado. 

Já um negócio repetível significa que a sua empresa é capaz de entregar o mesmo produto ou serviço em uma quantidade ilimitada. Assim, seu modelo pode ser feito em larga escala, atendendo a um número exponencial de pessoas ou nicho de mercado.

Você deve gostar também:  Mídia ooh digital: saiba como ter bons resultados

Esses dois fatores, se mantendo viáveis, podem comprovar a sustentabilidade da startup a ponto de validar a sua ideia. Assim, o empreendedor consegue captar mais investimentos conforme aumenta a sua receita.

Isso é possível a partir de um modelo repetível e escalável. Então, já não está tão suscetível ao capital de risco.

Agora que você já sabe ou relembrou o que é uma startup, te apresento alguns desses empreendimentos de sucesso. 

Telefonia virtual

Startups de sucesso

Fintechs, Agtechs, Edtechs. Com certeza você vai ouvir muitas dessas nomenclaturas quando for procurar por segmentos de startups.

Então, a pesquisa por esse tema irá te levar até posts sobre startups de sucesso e as redes de integração de negócios e modalidades de investimentos. Pensando nisso, listamos algumas startups de sucesso. 

Conheça agora essas empresas:

1 – Nvoip

Fundada em 2018, a startup mineira de telefonia em nuvem Nvoip propõe soluções em telecomunicações. Usando a tecnologia VoIP, a plataforma da empresa oferta serviços relacionados como números virtuais e nacionais, URA, API e SMS. E a Nvoip é destaque e referência do seu segmento.

Hoje, a startup atende a mais de 2.500 clientes ativos, com uma grande cobertura de sinal. Com a tarifa VoIP é possível se comunicar com números de todo o Brasil e mais de 193 países, com um baixo custo. Assim, a economia aliada à qualidade do serviço rendeu à startup um aporte de R$ 3 milhões em uma rodada de investimentos recente.

2 – Agenda Edu

Outra startup de sucesso, dessa vez com soluções aplicáveis à educação é a Agenda Edu. A empresa faz o gerenciamento da comunicação escolar. Também facilita a troca de informações entre pais e professores. Além disso, a startup também gera soluções para comunicados, agenda e os trâmites necessários para o pagamento escolar. 

Sobretudo no momento de pandemia, as demandas e fragilidades do sistema educacional ficaram mais evidentes. A empresa cearense desenvolve soluções estratégicas para esse momento da educação, focando na escola do futuro e as suas necessidades.

3 –  GeekHunter

A startup de Santa Catarina GeekHunter apresenta soluções para os processos de contratação e recrutamento de desenvolvedores. Então, a HRtech tem como ideal uma inversão do modelo tradicional de recrutamento. 

Como funciona esse novo modelo? Ao invés dos profissionais da área buscarem a vaga de emprego, eles integram um grupo particular e já são preparados. Dessa forma, a empresa é que envia convites para entrevistas. Assim, a startup utiliza inteligência de dados e tecnologias para avaliar e selecionar os candidatos com o maior potencial para atender as necessidades da empresa. 

A startup já gerou mais de 20 mil convites para entrevistas. Também foi a ponte entre a contratação de profissionais de programação e grandes empresas como a Amazon e o Mercado Livre.

4 – CleanCloud

A CleanCloud é uma empresa que faz o gerenciamento de nuvem. Como o próprio nome sugere, a startup visa melhorar a experiência de empresas com os serviços em nuvem. 

Você deve gostar também:  Novidades Dezembro 2019

A empresa oferece dois produtos para atingir todo o potencial dos serviços Cloud, reduzindo assim custos e otimizando funções. Além disso, a ideia também assiste aos clientes na Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD). 

5 – Rabbot

Outra startup que se destaca em seu segmento é a paulista Rabbot. A Mobitech adota uma tecnologia baseada em Intelligent Process Automation (IPA) para o controle de frotas. 

Por meio de uma plataforma, junto a um aplicativo de check list, a startup otimiza o controle de veículos e a gestão de manutenção e processos. O solução é aplicável a locadoras, transportadoras de cargas e passageiros, indústrias e seguradoras. O empreendimento já tem mais de 400 mil veículos gerenciados.

Gostou desse conteúdo? Continue acompanhando as novidades do blog da Nvoip.    

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email