Lisandra Queiroga

Lisandra Queiroga

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on reddit
Share on email

Qual a diferença entre ERP e CRM?

ERP e CRM são dois tipos de sistemas que atuam como eficientes recursos. Facilitam a gestão de negócios e ampliam as possibilidades de rentabilidade. Mas muitos se questionam sobre a diferença entre eles. 

Trabalhar com gestão de marketing por exemplo, exige principalmente compromisso com resultados. E, para alcança-los, é preciso ter um bom relacionamento com o cliente, assim como um CRM proporciona. 

Mas, organizar bem os processos e ter uma comunicação clara com todos os departamentos da empresa também é fundamental. Essa é a função de um ERP. 

Desse modo, surge a indecisão sobre o que escolher: ERP ou CRM? As duas soluções trazem muitos benefícios para qualquer empresa. Por isso se for viável invista em ERP e CRM. Mas no caso de priorizar uma ou outra é importante saber quais são as diferenças entre elas, e qual seria melhor para se investir.

Para responder a essas questões, produzimos este texto. Acompanhe! 

O que é ERP? 

Primeiramente, vamos ao significado de ERP. Essa sigla vem do termo em inglês Enterprise Resource Planning. Traduzindo temos Planejamento dos Recursos da Empresa. Esse é um sistema de gestão empresarial. Ou seja, é um sistema de gestão integrada, responsável por cuidar de todas as atividades diárias de uma empresa, do administrativo ao operacional. 

Desde o faturamento até o balanço contábil. De compras a fluxo de caixa. De apuração de impostos a administração de pessoal. De inventário de estoque a contas a receber. Do ponto dos funcionários ao controle do maquinário da fábrica. Em suma o ERP é um sistema de gestão que permite acesso fácil, integrado e confiável aos dados de uma empresa.   

A principal função do ERP é apoiar as empresas no controle total de suas informações. Dessa forma as companhias têm maior assertividade na tomada de decisão e sucesso nos negócios.  

A partir das informações levantadas pelo software, é possível fazer diagnósticos aprofundados sobre as medidas necessárias para reduzir custos e aumentar a produtividade.  

Com o apoio de um software de ERP todas as informações da empresa ficam concentradas em um único lugar. Integrando dessa forma departamentos e dados com mais segurança.   

O valor investido na contratação de um bom ERP volta rapidamente para os caixas da empresa. Justamente por conta do controle, economia e informação estratégica que o software proporciona. Vantagens que tornam a empresa mais competitiva. 

O que é CRM? 

Agora que você já sabe o que é ERP vamos a próxima definição.

CRM é a sigla usada para o termo em inglês Customer Relationship Management (Gestão de Relacionamento com o Cliente)Ele se refere ao conjunto de práticas, estratégias de negócio e tecnologias focadas no relacionamento com o cliente.  

Mas o CRM vai além de uma plataforma ou um software. Nele é concentrado todo o processo utilizado por startups, pequenas e grandes empresas para gerenciar e analisar as interações com clientes, antecipar necessidades e desejos, otimizar a rentabilidade, aumentar as vendas e personalizar campanhas de captação de novos clientes. Em suma é uma gestão 360º de vendas, marketing, atendimento e todos os pontos de contato.  

Atualmente estamos na era do cliente, da transformação digital, das novas tecnologias. Nesse cenário o conceito de CRM significa ser centrado no cliente. As plataformas de CRM estão na lista das tecnologias corporativas mais importantes e inovadoras disponíveis para empresas.  

Isso acontece pela eficiência que o sistema tem. Além do modo como são utilizadas as informações dos clientes para gerenciar contas, leads e oportunidades de vendas em um único local. 

Diferenças entre ERP e CRM 

Agora que você já sabe o que é ERP e CRM vamos ao objetivo do texto: as suas principais diferenças. 

Muitas vezes é as pessoas confundem o sistema ERP com o CRM. Mas para que essa confusão também não aconteça com você, vamos explicar as principais diferenças entre os sistemas, que são diversas. 

Como citado acima o ERP é um sistema abrangente. Ele é voltado para gestão integrada dos setores empresariais. Para a geração de resultados conjuntos pelas áreas e para o manuseio da informação empresarial de forma eficiente. Além disso é focado no aprimoramento da condução interna da organização. 

Já o CRM é um sistema voltado para o marketing e vendas. Ele tem o grande objetivo de aprofundar a relação com o público-alvo do negócio. Dessa forma ele foca em otimizar uma parte específica da cadeia produtiva, trazendo resultados mais satisfatórios na aquisição e na manutenção de clientes. 

O sistema ERP é utilizado com foco totalmente interno. Com ele, o principal objetivo é a gestão de todas as informações internas que regem o seu negócio de forma automatizada. Isso engloba todos (ou quase todos) os setores de uma determinada empresa. 

Já com CRM, o foco é voltado somente para os setores comerciais. O pessoal do marketing e das vendas são os dois que mais utilizam essa ferramenta para gerir um plano de ação que possa bater as suas metas de faturamento durante o mês. 

Tanto o CRM, como o ERP, substitui as planilhas e blocos de papel que geralmente são utilizados por empresas que ainda gerenciam os seus negócios utilizando processos manuais. 

Mas enquanto o ERP tem foco totalmente interno, o CRM tem o seu foco mais externo, sempre com objetivo de buscar novos clientes e concretizar novos negócios. 

Resumindo, estas são as principais diferenças que existem entre esses dois sistemas. E é muito importante que você saiba diferenciá-los. Já que a finalidade e os resultados obtidos em ambos são totalmente diferentes. 

Em qual sistema devo investir? 

Para definir se o seu negócio deve investir em um sistema ERP ou CRM, a princípio é preciso ter em mente que eles possuem funções bem distintas. 

Enquanto um é voltado para a integração de processos comerciais (ERP), o outro tem o objetivo de gerir o relacionamento com os leads e clientes (CRM). 

Por isso avalie o momento em que sua empresa está vivendo. E a partir dessa análise veja quais demandas são mais urgentes. E assim vai chegar ao sistema mais adequado. Para te ajudar listamos as principais vantagens que os sistemas ERP e CRM proporcionam.

Vantagens da aplicação do CRM 

Com a implementação do CRM, sua empresa vai ter: 

  • redução de gastos, em especial com o uso de papel; 
  • otimização do tempo de busca de informações importantes e documentos; 
  • facilidade no treinamento da sua equipe para uso do sistema; 
  • aumento das vendas. 

Vantagens da implantação de um ERP 

Já o ERP vai trazer ao seu negócio: 

  • diminuição dos custos com Tecnologia da Informação (TI); 
  • aumento da produtividade; 
  • melhor gestão de estoque; 
  • gerenciamento tributário e financeiro mais eficaz.

Gostou de ler esse artigo e saber sobre as principais diferenças entre ERP e CRM? Então compartilhe com os colegas de trabalho. Quer continuar adquirindo conhecimentos parecidos para ajudar no crescimento do seu negócio? Que tal ler sobre os 9 benefícios do envio de SMS?

Quer acompanhar todas as nossas dicas de perto? Siga as nosso Linkedin clicando aqui e não perca mais nenhuma dica!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email