API de comunicação o que é
Lisandra Queiroga

Lisandra Queiroga

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

API de comunicação: o que é?

Cada dia mais estamos cercados por diversas tecnologias. Elas trazem avanços para o dia a dia e facilitam o cotidiano de pessoas e empresas. É assim com a API de comunicação.  

Esse sistema é responsável pelo funcionamento de inúmeros aplicativos e sites. As APIs são um tipo de “ponte” que conectam aplicações. Elas podem ser utilizadas para os mais diferentes tipos de negócio, por empresas de diversos ramos de mercado ou tamanho. 

Além disso elas proporcionam a integração entre sistemas que tem linguagem totalmente diferente de maneira rápida e segura.  

Não conhece do assunto e quer entender um pouco mais sobre API de comunicação? Então acompanhe a leitura para saber mais. 

O que é uma API? 

A sigla API vem do termo inglês Application Programming Interface, que traduzido para o português fica Interface de Programação de Aplicativos. Esta interface é um conjunto de rotinas e padrões de programação para acesso a um aplicativo de software ou plataforma baseado na Web. 

Explicando de uma outra forma, API de comunicação é a base dos aplicativos. Ela é uma interface que roda por trás de tudo. Enquanto você usa um aplicativo ou site, a sua Interface de Programação de Aplicativos pode estar conectada a diversos outros sistemas e aplicativos. E tudo isso acontece sem que você perceba. 

Como a API funciona na prática? 

Uma API é criada quando uma empresa de software tem a intenção de que outros criadores de software desenvolvam produtos associados ao seu serviço. Existem vários deles que disponibilizam seus códigos e instruções para serem usados em outros sites da maneira mais conveniente para seus usuários. 

Dessa forma uma API de comunicação funciona através da comunicação de diversos códigos. Definindo assim comportamentos específicos de determinado objeto em uma interface. A Interface de Programação de Aplicativos liga as diversas funções de maneira que possam ser utilizadas em outras aplicações. 

O Google Maps é um dos grandes exemplos na área de APIs. Por meio de seu código original, muitos outros sites e aplicações usam seus dados. 

Quando alguém acessa uma página de um hotel, por exemplo, é possível ver dentro do próprio site o mapa do Google Maps para saber a localização do estabelecimento. E desse modo verificar qual o melhor caminho para chegar até lá.  

Esse procedimento é realizado por meio de uma API. Nela os desenvolvedores do site do hotel usam do código do Google Maps para colocá-lo em um certo local de sua página. 

Através desse sistema, os aplicativos podem se comunicar uns com os outros sem conhecimento ou interferência dos usuários. De modo geral, a API é composta de uma série de funções acessíveis somente por meio de programação. 

Recentemente, o uso da API tem se espalhado nos plugins, que complementam a funcionalidade de um determinado programa. Os desenvolvedores de um programa principal criam uma API de comunicação específica e fornecem a outros criadores. Esses desenvolvem plugins para aumentar o potencial e as funcionalidades do programa. 

Benefícios de uma API de comunicação

Uma API oferece uma série de vantagens no processo de conexão de sistemas. Listamos os principais. Confira: 

Facilidade de integração

Enquanto em outras formas de integração de sistemas, é necessário a instalação de recursos que sejam totalmente compatíveis com a plataforma na qual se deseja realizar a integração, no caso de uma API, isso não é necessário.  

Essa interface possibilita a integração de sistemas totalmente diferentes entre si em relação aos seus bancos de dados, com uma grande rapidez. Sem o uso de uma API de comunicação neste processo, o tempo gasto na conexão de sistemas é muito maior. 

Segurança de dados 

Além de ser um modo mais prático, a integração de sistemas por API apresenta uma segurança de dados muito maior se comparada a outras ferramentas.

Isso acontece porque uma interface API privada cria uma espécie de “portão”, no qual somente algumas informações de determinado sistema estão disponíveis para a integração com outra plataforma. 

Controle de acessos 

Uma API faz com que o programador de certo sistema, possa acompanhar quem acessou as informações do seu sistema interno, onde e quando acessou. 

Isso só é possível devido a uma ferramenta chamada gateway de API, que proporciona o gerenciamento do fluxo de acessos no sistema. Essa ferramenta pode ser muito importante para plataformas de e-commerce que tem API de comunicação. Principalmente para que possam saber a origem dos acessos a sua plataforma e gerenciar o tráfego na loja virtual. 

Monetização de acessos 

No caso de APIs que sejam privadas, é possível que os programadores de determinado sistema limitem as suas potencialidades de acesso.  

Além disso é possível cobrar um certo valor dos clientes que querem realizar a integração de sistemas. Um bom exemplo de API privada é a Netflix, que disponibiliza os seus conteúdos exclusivamente para os assinantes do serviço. 

Qual a diferença entre APIs públicas e privadas? 

As APIs públicas são os formatos mais comuns de API de comunicação. São essas ferramentas que permitem as funções de curtir e compartilhar das mais variadas redes sociais, por exemplo. São APIs que são disponibilizadas de uma forma totalmente gratuita na internet, exigindo apenas que os usuários efetuem um cadastro com seu login e senha para que possam acessar os dados do sistema. 

As APIs públicas permitem que um sistema como o Facebook, possa integrar a lista de amigos de um determinado usuário a um sistema como o Google+, por exemplo. Isso sem a necessidade da criação de uma plataforma interna para essa integração entre os sistemas. 

Já as APIs privadas por sua vez, permitem que um determinado sistema possa disponibilizar somente uma quantidade limitada de dados para serem integrados com outra plataforma. 

Os sistemas que utilizam APIs privadas, podem fazer a cobrança de acessos as suas ferramentas por parte de terceiros, como faz a Netflix ou qualquer outro negócio digital que envolva a assinatura. 

API de comunicação da Nvoip 

Com a API da Nvoip é possível desenvolver aplicativos que usam voz e SMS para melhorar a sua empresa ou para criar novos produtos. Além disso tivemos o cuidado de criar uma API compatível com qualquer linguagem. 

Integre com sistemas em Python, PHP, Java, Ruby, etc… ou com seus aplicativos iOS e Android sem preocupações. Para saber mais sobre a nossa API, que é gratuita, clique aqui.

Agora que você sabe o que é API de comunicação e seus principais benefícios, compartilhe esse conhecimento com seus colegas de trabalho!  

Quer ter um pouco mais de conhecimento sobre tecnologia da informação? Leia sobre ATA SIP.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn