Livia Nonato

Livia Nonato

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on reddit
Share on email

O que você precisa saber sobre 5G

A conectividade faz parte de muitos processos no nosso dia a dia. Assim, cada vez mais, a tecnologia tem avançado nesse sentido. A qualidade e a rapidez são pontos de destaque para a expectativa criada em torno do 5G. Dos robôs à automação de processos, essa tecnologia já está revolucionando a indústria.

Então, já pensou como o 5G vai transformar a sua forma de consumir e oferecer serviços? Hoje vamos falar sobre isso.

A Quinta Geração de internet móvel já é uma realidade em alguns lugares do mundo. Mas a importância dessa tecnologia vai além da sua velocidade. E isso não é um acaso.

As redes 5G prometem transformar o mundo das automações. Além das necessidades empresariais, tornando os produtos ainda mais aprimorados.

Essa é uma das tendências mais aguardadas para o ano de 2021. Temos um post abordando as novidades do mundo das tecnologias para esse ano. Veja esse conteúdo acessando o link.

Conforme novas demandas surgiram no mercado, a conexão e a velocidade na troca de dados precisou ser maior para atendê-las.

Assim, o 5G se tornou o meio possível para desenvolver serviços integrados com a Inteligência Artificial e Internet das Coisas (IoT), por exemplo. Ficou curioso? Continue a leitura do texto para saber mais sobre essa tendência.

Entendendo as gerações

Primeiro é preciso entender o que são as gerações. Aliás, quando falamos em gerações tecnológicas, estamos fazendo uma referência ao “G” que acompanha as evoluções da internet móvel.

Ou seja, a primeira geração, ou 1G, por exemplo, é característica pelo uso na telefonia analógica. No mesmo sentido, as suas sucessoras 2G e 3G melhoraram a qualidade da rede e foram aplicadas ao digital.

Sendo assim, cada geração é responsável por aprimorar o padrão de tecnologia da internet móvel. E assim, a rede passa a entregar mais conectividade, velocidade, alcance e latência.

Então, para ilustrar melhor essas mudanças, vamos citar alguns exemplos das evoluções nas redes móveis.

2G

Essa é a primeira rede que evoluiu a conexão para o digital mas continha um tráfego de dados baixo. Nesse sentido, essa rede é conhecida pelo sinal “E”, que pode aparecer em uma conexão de internet no seu smartphone, por exemplo.

É uma tecnologia que surgiu em meados dos anos de 1990 e atuava principalmente na troca de dados em mensagens de textos e envio de fotos por SMS.

Como dissemos, a rede 2G foi a responsável pela passagem do analógico para o digital.

Então, quando você utilizava o sinal de internet oferecido pelas operadoras da época, o 2G chegava ao seu aparelho por meio de ondas de rádio – estrutura padrão para distribuição das redes. E essa rede fazia uso de uma rota GSM, que entrega uma velocidade menor de internet.

Se você quer entender melhor sobre as rotas de telefonia, temos um post sobre isso no blog, acesse o link.

Você deve gostar também:  Conheça os benefícios de uma linha VoIP

3G

No cenário de evolução da rede com foco no digital, surge o 3G. A rede 3G foi a responsável por entregar uma internet mais rápida para o nosso uso cotidiano.

Sabemos que as necessidades de mobilidade e de conexão crescem cada vez mais e essa rede supriu essa demanda de conexão no período inicial dos anos 2000.

Embora pareça já ultrapassada, ainda é uma relevante conexão no Brasil. Principalmente porque cobre mais de 90% dos munícipios do país. Pensando na usabilidade, essa rede não era assim tão rápida para assistir vídeos no YouTube, por exemplo.

Mas aprimorou (e muito) a troca de dados de voz, como áudios em redes sociais. Também ofereceu mais rapidez ao acesso a sites de pesquisas e o uso de aplicativos nos celulares.

4G

O 4G provavelmente você já conhece um pouco melhor. Essa conexão é a mais atual para todos nós, ela chegou ao país em 2013. Hoje, é a conexão de mais velocidade para o uso pessoal e corporativo disponível no mercado nacional.

E esse crescimento do acesso está atrelado à viabilidade de vários outros serviços.

Como exemplo de melhorias com a rede 4G, podemos citar os serviços de streaming em que você pode acompanhar vídeos no celular e assistir filmes e séries em plataformas de streaming.

E essa transmissão de dados com mais velocidade também impactou diretamente na adesão a tecnologias virtuais como o VoIP.

Agora vamos falar sobre o tema principal do texto de hoje, siga a leitura.

Afinal, o que é o 5G?

Voltamos no tempo e relembramos as evoluções das redes de internet móvel, agora vamos olhar para a frente. Atualmente, o 5G é a geração mais moderna em conexão de internet sem fio.

E não para por aí. Essa tecnologia entrega uma velocidade muito maior, com uma baixa latência.

Mas vamos compreender isso melhor. A latência é, basicamente, o tempo necessário para a troca de uma informação virtual. Ou seja, quanto tempo você leva para enviar um comando do ponto A para um ponto B na internet.

Especialistas da área destacam a importância da baixa latência para o mundo dos jogos, por exemplo. Quanto mais baixa a latência, mais rápido o tempo de resposta na internet.

Sendo assim, esse é um importante ponto para as experiências em tempo real. Já o conceito de velocidade na rede é mais visível. Por exemplo, é perceptível na velocidade de um download ou upload de um arquivo.

Hoje, o 5G já está disponível em alguns países como os EUA e a Coreia do Sul. E, também, está em exploração em alguns locais da Europa.

Assim, para o Brasil, a tecnologia 5G está prevista para 2021, aguardando o preparo da estrutura. Além de resolução de condições legais e operacionais da rede.

número virtual

Aplicações do 5G

Além dos benefícios que falamos, essa evolução da rede promete muito mais do que conectar pessoas com mais rapidez. As aplicações da quinta geração de internet móvel pretendem conectar uma série de tecnologias.

Você deve gostar também:  Dá para confiar na telefonia Voip? Descubra aqui!

Dos carros autônomos aos robôs, a rede é capaz de manter serviços e produtos funcionando em tempo real.

E esse fato faz toda a diferença para a Internet das Coisas (IoT), outra tendência em crescimento neste ano. Com uma velocidade alta e de muita qualidade, aparelhos inteligentes poderão finalmente ser utilizados.

Sejam eles, eletrodomésticos; casas inteligentes com sistemas automatizados. E, até mesmo, sistemas que usam a inteligência artificial aplicados à saúde.

A rede 5G cria um ambiente propício para a expansão e criação de serviços digitais. E estes serviços, naturalmente, aumentam a competitividade no mercado. Além disso, podem baratear os custos para os consumidores.

Essa nova evolução da rede traz ainda mais vantagens para a telefonia em nuvem. Vamos falar sobre isso agora. Continue a leitura.

5G e VoIP

VoIP é a sigla para Voz sobre IP. Essa é a tecnologia que permite que você realize ligações pela Internet. No sentido técnico, o que ocorre é a transformação da voz analógica em dados digitais. Na sequência, esses dados são transmitidos pela internet.

Com o VoIP, você assegura a qualidade das suas chamadas ao nível empresarial. Esse serviço tem crescido devido ao custo-benefício, estrutura de atendimento e economia. As pesquisas do segmento demonstram que você pode reduzir em até 70% os seus custos com telefonia utilizando o VoIP.

Agora imagine essa tecnologia, já eficiente, sendo utilizada com o 5G. A melhora da rede, que atinge uma alta performance no móvel, vai aprimorar ainda mais as ligações VoIP. Assim, imediatamente as chamadas terão ainda mais qualidade de áudio.

Além disso, a latência baixa dará mais rapidez a conversão da voz, consequentemente, ao tempo de resposta das ligações VoIP. Sendo assim, o seu sistema de telefonia em nuvem se tornará ainda mais eficiente.

Viu só como essa evolução da rede vai modificar o nosso dia a dia?! E mesmo sem o 5G ter chegado ainda, você já pode dar um upgrade em sua telefonia hoje mesmo. Fale agora com um de nossos consultores e contrate a melhor telefonia VoIP do Brasil.

Espero que você tenha curtido esse conteúdo. Continue acompanhando os posts do blog da Nvoip.

Até a próxima.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email