Saiba o que é ERP
Lisandra Queiroga

Lisandra Queiroga

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

ERP, saiba o que é!

Inegavelmente vivemos em um mercado cada vez mais competitivo. E nesse cenário um dos principais desafios das empresas têm sido manter o controle de todos os seus processos e informações.  

Uma solução para esse problema é o ERP. Esse software é capaz de mensurar cada detalhe do negócio de forma automatizada e em tempo real. E dessa forma garante agilidade e eficiência às rotinas organizacionais. 

Como essa solução ainda é desconhecida por muitos gestores, é um diferencial importante entendê-la e usá-la. Seus benefícios, como a integração, aumentam a eficácia e facilitam a comunicação entre os setores. 

Então se você está buscando melhorar a performance da sua empresa, você precisa ler este texto! 

Explicando ERP

A sigla ERP vem do termo em inglês Enterprise Resource Planning. Traduzindo temos Planejamento dos Recursos da Empresa. Esse é um sistema de gestão empresarial. Ou seja, é um sistema de gestão integrada, responsável por cuidar de todas as atividades diárias de uma empresa, do administrativo ao operacional.  

Desde o faturamento até o balanço contábil. De compras a fluxo de caixa. De apuração de impostos a administração de pessoal. De inventário de estoque a contas a receber. Do ponto dos funcionários ao controle do maquinário da fábrica. Em suma o ERP é um sistema de gestão que permite acesso fácil, integrado e confiável aos dados de uma empresa.  

A principal função do ERP é apoiar as empresas no controle total de suas informações. Dessa forma as companhias têm maior assertividade na tomada de decisão e sucesso nos negócios. 

A partir das informações levantadas pelo software, é possível fazer diagnósticos aprofundados sobre as medidas necessárias para reduzir custos e aumentar a produtividade. 

Com o apoio de um software de ERP todas as informações da empresa ficam concentradas em um único lugar. Integrando dessa forma departamentos e dados com mais segurança.  

O valor investido na contratação de um bom ERP volta rapidamente para os caixas da empresa. Justamente por conta do controle, economia e informação estratégica que o software proporciona. Vantagens que tornam a empresa mais competitiva. 

História do ERP 

Os precursores do software ERP surgiram nos anos 50. Nessa época a tecnologia da informação era destinada a poucas empresas devido ao seu custo. Pois eram necessários computadores gigantescos. 

Além disso, o software tinha muito menos funções. E elas abordavam principalmente o controle de estoque. 

A partir de 1970, a tecnologia tomou conta do planejamento dos recursos de manufatura. Com isso, foram ampliadas as possibilidades dos programas que em seguida deram origem mais especificamente ao ERP. 

Para facilitar a sua implantação, nos anos de 1980, as redes de computadores ligadas a servidores surgiram com força total. Viabilizando assim o que conhecemos hoje como sistema de gestão empresarial ERP. 

Embora não saibam exatamente quando esses sistemas foram denominados como ERP, ainda nos anos 80 foi acrescida a função de gerenciamento. Dessa forma, entram em cena funcionalidades associadas aos setores financeiro, recursos humanos, compras e vendas e outras mais. 

Mas já se sabe que nos anos 90, o nome atual ganhou força. Em parte, pelo começo da popularidade dos microcomputadores. 

Nesse momento, o ERP já era bastante semelhante com o que existe hoje em dia. Embora muitas empresas que os desenvolvessem fossem do exterior. Atualmente, empresas nacionais já desenvolvem esses softwares e os dispõem com muitas vantagens a seus clientes. 

Como funciona o ERP? 

O ERP tem a função de ajudar empresas a serem mais organizadas e mais competitivas no mercado. Isso porque ele é um sistema que oferece uma visão estratégica e detalhada de tudo o que acontece na operação.  

Permite a correta distribuição de recursos, otimiza os processos e o direcionamento assertivo dos investimentos. No atual ambiente empresarial, o ERP passou a ser uma ferramenta essencial para garantir as margens de lucro necessárias de modo a se manter competitivo. 

Com a implantação de um sistema ERP, todos os setores do negócio ficam interligados. Além de todos os seus dados serem armazenados em servidores da empresa que oferece o serviço. 

Alguns desses programas são online, assim, as informações são guardadas na nuvem. Dessa forma a segurança é garantida, pois só pessoas autorizadas podem acessá-las. 

Desse modo, depois que uma venda é concluída, por exemplo, essa informação é enviada para o setor financeiro. Assim ele pode autoriza a venda, gera o comprovante, faz o faturamento, emite nota fiscal, entre outros procedimentos. Enquanto isso, o setor de estoque dá baixa do produto vendido. 

Benefícios do ERP 

O ERP garante inúmeras vantagens. Para te convencer da eficiência desse sistema, listamos as principais. 

1) Redução de custos 

Os sistemas de gestão ERP ajudam na redução de custos porque evitam o desperdício de matérias-primas e outros materiais. Além de diminuir gastos com mão de obra, erros, falhas e retrabalhos. 

E ainda é possível acompanhar o desempenho geral da empresa, vendo quanto o negócio contribuiu para as receitas e o quanto consumiu dos recursos da empresa por tipo de conta.

Com o ERP é possível ainda ter uma certeza maior ao calcular impostos. O que reduz significativamente gastos de operação. 

2) Gestão Unificada  

Sistemas ERP padronizam e integram diferentes departamentos. Em alguns casos até mesmo diferentes filiais. E assim permite com que o gestor veja os resultados consolidados e individuais para uma gestão unificada. 

3) Controle dos pedidos de clientes  

Por centralizar as informações em um único sistema, é possível manter o controle dos pedidos de clientes com mais segurança. Além de imprimir maior agilidade na coordenação de estoque, produção e transporte. E ainda ter um histórico de cada cliente. 

4) Padronização e aceleração de processos 

O ERP possibilita processos mais organizados e operações rotineiras automatizadas. Dessa forma cada colaborador e cada gestor sabe o que precisa fazer e qual a melhor forma de realizar os processos para atingir os melhores resultados. 

Por isso esse sistema têm métodos padronizados baseados em boas práticas de negócio. Padronizar os processos e utilizar um único sistema integrado economiza tempo, aumenta a produtividade e elimina controles manuais e ineficazes. 

5) Redução de erros  

Sistemas ERP facilitam a visibilidade do fluxo de processos dentro da empresa e mantém o histórico de suas ocorrências. Essas informações ajudam os usuários a identificar as ações a serem tomadas, assim como a planejar melhor os recursos necessários para seu cumprimento.  

Um exemplo é o planejamento de compras para manutenção de quantidades mínimas em estoque, utilizando como referência o histórico de demandas por período e sazonalidades. Este tipo de avaliação ajuda a reduzir erros que causem prejuízos ou estagnação de capital devido a compras mal planejadas. 

6) Segurança da informação 

Adotar o sistema de gestão ERP garante mais segurança nos dados. Isso porque a integração de informações evita extravios e fraudes. Caso o sistema utilizado também adote o cloud computing, os dados ficam ainda mais seguros por estarem criptografados. 

7) Melhoria na competitividade 

Todos os benefícios citados acima resultam em melhoria na competitividade. Com os processos automatizados a empresa pode focar na qualidade dos produtos e serviços. Isso é possível devido aos processos que já estão seguros, padronizados e sincronizados.

Está claro que o sistema ERP é uma alternativa inteligente. Inclusive ela já é realidade para diversas empresas atualmente. A integração proporcionada da fluidez a todos os processos empresariais. Por isso investir em um sistema ERP vai fazer a diferença em seu negócio. 

Agora que você já sabe das vantagens do ERP que tal ler sobre como diminuir a inadimplência com SMS de cobrança?

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn